GTRES Metais Sanitários

Mesmo que você não goste de cozinhar – e ainda menos lavar louça -, é bem possível que sua cozinha seja o cômodo mais agitado da casa. Por quê? Porque é a mesma coisa em todos os lugares!

O ambiente onde você passa tantos momentos da sua vida, seja comendo, cozinhando, limpando – ou simplesmente parado de frente pra geladeira sem saber o que pegar – deve ser prioridade na hora da reforma.

Acompanhe algumas dicas para descobrir como executar uma reforma na cozinha em quatro passos!

Passo 1: Buscar referências

Existem um milhão de inspirações de decoração por aí. É interessante encontrar referências para criar um projeto que traga o máximo de inovação e utilidade para a sua cozinha.

Claro que o visual é muito importante, mas em um cômodo com tanto tráfego, praticidade deve vir sempre em primeiro lugar. Uma boa dica é pesquisar no Pinterest, que agrupa ideias do mundo todo.

E falando em mundo todo, tome cuidado com as suas inspirações! Alguns projetos podem funcionar muito bem em outros países, com outras necessidades climáticas. Faça algo que caiba no seu orçamento e seja viável!

Passo 02: Planejar a reforma

Antes de mais nada, é necessário pensar em estilo de vida. Você costuma fritar os alimentos? Uma coifa/depurador é essencial nesse caso, para que a cozinha não fique toda impregnada de gordura.

Onde serão feitas as refeições? Os eletrodomésticos continuarão no mesmo lugar? Vai adicionar novos, trocar os antigos? Substituir o fogão por um cooktop? Tudo deve ser levado em consideração e, claro, você não vai fazer tudo isso por conta própria.

Contrate um profissional especializado que trabalhe dentro dos seus prazos e ofereça um bom custo-benefício (não o mais barato, vale acrescentar).

Passo 03: Renovar sem obra

Se você não pode investir em troca de pisos e revestimentos, novas instalações e eletrodomésticos, pode ter uma cozinha linda do mesmo jeito. Os armários podem ganhar uma nova camada de verniz/stain e as paredes, uma boa demão de tinta acrílica.

Também vale a pena trocar os metais por novos, além de instalar ganchos e prateleiras. Você também pode fazer essas coisas e trocar os revestimentos.

Passo 04: Seguir um orçamento

Sejam quais forem as proporções da sua reforma, não a deixe se tornar uma dívida interminável!

Fonte: Blog Tend Tudo