fbpx
GTRES Metais Sanitários

Na hora da reforma da casa, é muito importante se atentar aos materiais usados na decoração e na estrutura dos banheiros, da cozinha e da área de serviço! Saber escolher e cuidar dos metais sanitários dos cômodos de sua residência aumenta a longevidade dos produtos e evita trocas constantes.

 

É fácil se deixar levar pela estética de metais sanitários existentes no mercado na hora de adquirir esse tipo de material para sua obra. Hoje em dia, cada vez mais são oferecidos produtos com design arrojado, que valorizam sua decoração. Porém, alguns cuidados na escolha desses materiais são fundamentais para o sucesso da obra, e para evitar dores de cabeça no futuro.

 

Antes de ir até a loja, é essencial conhecer as especificações técnicas de sua residência ou empreendimento, como por exemplo, a pressão da água – que pode variar, dependendo do diâmetro da tubulação e da distância entre a caixa de água e o ponto onde serão instalados os acessórios. Isso pode ser encontrado na planta do imóvel, ou fazendo uma avaliação a olho nu. Com essas informações em mãos, fica mais fácil escolher os produtos corretos, que vão atender as exigências necessárias para sua casa.

 

O estilo é muito importante na hora da escolha, mas quando se fala em metais sanitários, a funcionalidade é, por muitas vezes, mais importante que a estética. Na hora de escolher os metais para seu banheiro, cozinha ou área de serviço, é primordial procurar por peças que atendam os requisitos mínimos necessários de acordo com cada ambiente.

 

Além dos metais sanitários como torneiras e chuveiros, é importante se atentar também aos que não ficam aparentes no final da obra, mas que são partes essenciais da estrutura e do funcionamento do cômodo. Sifões, tubos, válvulas de escoamento e duchas higiênicas são alguns dos exemplos de metais que precisam ser escolhidos de forma bastante criteriosa, sendo avaliados sua funcionalidade, resistência e durabilidade.

 

Outra dica é usar materiais de uma mesma marca, sempre que possível. Esses metais são projetados pelo fabricante para serem usados juntos, como por exemplo um conjunto de sifão e válvula. Escolhendo a mesma marca, você garante um projeto mais eficaz e evita problemas na hora da instalação e manutenção.

 

Como cuidar dos metais sanitários da minha casa?

 

Depois de escolhidos os metais sanitários de sua casa, os cuidados com eles devem sempre ser mantidos. Na hora de limpar, se atente para não utilizar produtos abrasivos, que podem danificar o acabamento do produto e diminuir sua vida útil.

 

Siga sempre as recomendações do fabricante! Na maioria dos casos, apenas um pano macio umedecido com sabão neutro já é o suficiente para remover qualquer sujeira dos metais sanitários. Existem algumas receitas caseiras pela internet que podem funcionar, mas é importante seguir o manual do produto evitando danos à peça e a possível perda da garantia.

 

Uma vistoria periódica em todos os metais sanitários também é aconselhada. Verificar todos semestralmente, observando se estão funcionando de forma correta, se existe algum reparo a ser feito, ou se é necessária a troca completa da peça, diminui as chances de haver alguma surpresa ou quebra inesperada de algum material.

 

Não tem segredo: Pesquisar bem antes de comprar, escolher os materiais adequados e ser cuidadoso(a) na manutenção são os três pontos principais para ter metais sanitários bonitos e duradouros nos cômodos da sua casa!